quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Grupo Ururay (re)lança seu livro na Jornada do Patrimônio

O Grupo Ururay (re)lançará seu livro "Territórios de Ururay" na Jornada do Patrimônio - 2017.


No domingo (20 ago.) além do (re)lançamento da publicação ocorrerá a exibição do mini-documentário "Territórios de Ururay" - o qual você pode conferir um teaser, clicando AQUI
Ambos os materiais integram o projeto homônimo, realizado pelo coletivo no ano de 2016 e que problematizou os conflitos relacionados ao patrimônio cultural do vasto território da zona leste de São Paulo. 




terça-feira, 22 de novembro de 2016

Exposição sobre Patrimônios Culturais da ZL tem intervenção especial do artista grafiteiro Zezão

O grupo de pesquisa Ururay - Patrimônio Cultural lança nesta quinta-feira dia 24/11/2016, às 19h, no Centro Cultural da Penha, a exposição:
EXISTÊNCIAS | RESISTÊNCIAS – O patrimônio cultural da zona leste de SP

A exposição aborda por meio das fotos de Douglas de Campos e Vanderson Satiro a relação entre os diversos atores sociais com seus bens patrimoniais tombados para além do preservacionismo e discutindo memória, pertencimento e o direito à cidade.

Resultado da pesquisa desenvolvida pelo grupo que lança no mesmo dia a publicação e o documentário "Territórios de Ururay", a exposição conta com a participação especial do artista grafiteiro Zezão que contribui com a expografia com seu marcante traço destacando os caminhos d'água que unem os diversos territórios da imensa zona leste.

Exposição: EXISTÊNCIAS | RESISTÊNCIAS – O patrimônio cultural da zona leste de SP
Dia 24/11/2016, quinta-feira, às 19h
Local: Centro Cultural da Penha, Largo do Rosário, 20, Penha de França

Programação:
- Palestra com Manoela Rossinetti Rufinoni (arquiteta, urbanista e professora da Unifesp)
- Exibição do Documentário 30min, "Territórios de Ururay" produção Sem Cortes Filmes e roteiro Eliézer Giazzi
- Distribuição gratuita do livro "Territórios de Ururay"

O evento é gratuito e contará com a emissão de certificado para os(as) participantes

Inscrições: Clique AQUI 

Informações:
http://ururaypatrimoniocultural.blogspot.com.br/
ururay.patrimonioleste@gmail.com
11 2306-3369


Douglas de Campos / Sítio do Capão, Anália Franco

Chamada do Documentário "Territórios de Ururay"


Exibição Dia 24/11/2016, quinta-feira, às 19h no Centro Cultural da Penha.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Livro traz pesquisa sobre 13 patrimônios culturais da região leste de São Paulo


O Grupo Ururay convida a todos para o lançamento do livro “Territórios de Ururay“, a ser lançado no dia 24 de novembro de 2016, às 19h, no Teatro Martins Pena, no Centro Cultural da Penha.
Para o lançamento do livro, a professora da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Manoela Rossinetti Rufinoni (arquiteta e urbanista, mestre e doutora em História da Arquitetura e do Urbanismo, autora do livro Preservação e restauro urbano: intervenções em sítios históricos industriais, publicado em 2013 pela Unifesp, Edusp e Fapesp), apresentará a palestra “O direito à cidade e o direito ao patrimônio urbano: diálogos necessários entre as políticas de preservação e os atores sociais locais”, colaborando com as discussões levantadas pelo grupo durante seus três anos de atuação. Além disso, após a apresentação da professora será exibido um minidocumentário, que vem a ser o registro audiovisual dos trabalhos realizados pelo Grupo Ururay durante o ano de 2016.


\\O LIVRO

Grupo Ururay - coletivo formado por indivíduos interessados na questão da memória, história e patrimônio na Zona Leste, moradores ou integrantes de movimentos organizados nesta área da cidade - desenvolveu ao longo de 2016 o projeto “Territórios de Ururay”, que tem como objetivo pensar o Patrimônio da Zona Leste dentro de premissas contemporâneas dessa área, buscando ainda realizar um levantamento a respeito da problemática entre o patrimônio edificado e os conflitos existentes em diferentes territorialidades. Assim, o projeto vem evidenciar as desarmonias e dificuldades existentes nessa questão como, por exemplo, a falta de pertencimento e reconhecimento da população local com boa parte de seus bens históricos. A publicação vem a destacar algumas das dinâmicas entre sociedade e patrimônio, focalizando para isso quatro sub-regiões da ZL de São Paulo: Mooca, Penha, Itaquera e São Miguel Paulista.


\\O GRUPO

Oficialmente formado em 2014, o grupo surgiu após seminários sobre patrimônios culturais promovidos pelo Movimento Cultural da Penha em parceria com o Grupo de Memória da Zona Leste e a Câmara Municipal. Após o reconhecimento das inúmeras dificuldades (dentre elas a pequena produção a respeito da história da região leste da cidade e a inexistência de projetos de restauro e/ou a falta de atenção para os bens culturais da região) para a preservação do patrimônio cultural da Zona Leste, o grupo vem desenvolvendo trabalhos que buscam fomentar iniciativas que possam potencializar a ocupação desses espaços pela população local, assim como identificar algumas potencialidades para a efetiva preservação de tais bens, muitas vezes abandonados pelo poder público e pela iniciativa privada, passando despercebido pela população local.

O evento contará com a emissão de certificados para os(as) participantes!

Para confirmar sua presença preencha o formulário, clicando AQUI 


O QUE? Lançamento do livro “Territórios de Ururay” + Exibição de Minidocumentário
QUANDO? 24 de novembro (quinta-feira), às 19h
ONDE? Teatro Martins Penna, no Centro Cultural da Penha


segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Ururay visitou patrimônios da Zona Leste de SP


Nos dias 8, 9, 12 e 15 de outubro o Grupo Ururay realizou visitas a patrimônios de quatro subprefeituras da Zona Leste de São Paulo - sendo, respectivamente, São Miguel, Itaquera, Mooca e Penha.

Os roteiros fazem parte do conjunto de ações que o grupo vem desenvolvendo na área de preservação cultural, especialmente, na parcela leste da cidade de São Paulo. Os roteiros contaram com inscrições de pessoas interessadas na temática e, em todos eles a participação e interesse do público foi algo notável!

Abaixo apresentamos alguns registros dessas visitas, trazendo ainda algumas informações sobre cada roteiro. Confere ai!

ITAQUERA || Visita realizada no dia 09.10.2016 (dom.)

O grupo visitou a antiga sede da fazenda da família Morganti (atual sede da Casa de Cultura Raul Seixas), o Casarão Sabbado D'Angelo e também a Casa do Chefe da Estação (onde deveria funcionar o Centro Cultural Casa da Memória), finalizando o roteiro na Igreja N. Senhora do Carmo. Todas as fotos desse dia foram realizadas pelo fotógrafo, Douglas de Campos. 

O grupo, em circulo, em frente à Casa de Cultura Raul Seixas conversa sobre patrimônio, memória, identidade e outros temas relacionados ao roteiro. 

Visão interna da Casa do Chefe 

Vista lateral da Igreja Nossa Sra. do Carmo

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Em outubro Ururay organiza saídas gratuitas para conhecer patrimônios culturais da ZL



É para discutir estas e muitas outras questões que o Coletivo Ururay está oferecendo roteiros de visita aos patrimônios culturais de 4 regiões da Zona Leste: Itaquera, Penha, São Miguel e Mooca.

Os roteiros são GRATUITOS e contarão com transporte, equipe composta de mediadores e materiais de apoio para a visita.

As inscrições são livres, mas serão priorizadas pessoas que atuam na área de educação, cultura ou que participem de conselhos de bairros.

Inscrições pelo email: ururay.patrimonioleste@gmail.com
ou telefone: 11 2306-3369.
Duração: 4 horas
Vagas limitadas

Datas e horários das saídas:


Dia 8/10 - sábado - Às 9h30

SUBPREFEITURA DE SÃO MIGUEL

Capela de São Miguel, São Miguel Paulista, data do século XVI.

Ruínas do Sítio Mirim, Vila Jacuí, data do século XVII.

Fazenda Biacica, Jardim Helena, data do século XVII.


Dia 9/10 - domingo - Às 9h30

SUBPREFEITURA DE ITAQUERA

Antiga sede da fazenda da família Morganti, Conjunto José Bonifácio.

Paróquia Nossa Senhora do Carmo, Itaquera, data de 1928.

Casa do Chefe da Estação, Itaquera, data provável 1930.

Casarão Sabbado D’Angelo, Itaquera.


Dia 12/10 – quarta-feira (feriado) Às 9h30

SUBPREFEITURA DA MOOCA

Casa do Tatuapé, Tatuapé, data da segunda metade do século XVII.

Casa do Sítio do Capão, Tatuapé/Água Rasa, data da segunda metade do século XVII.

Vila Maria Zélia, Belenzinho, data de 1917.


Dia 15/10 – sábado - Às 9h30

SUBPREFEITURA DA PENHA

Igreja de N. S. do Rosário dos Homens Pretos da Penha de França, Penha de França – data de 1802.

Escola Estadual Nossa Senhora da Penha, Penha de França, inaugurada em 1952.

Escola Estadual Santos Dumont, Penha de França, inaugurada em 1913.


Obs.: o ponto de embarque será divulgado apenas aos inscritos.